sábado, 1 de outubro de 2011

Gastos com alimentação fora de casa aumentaram

Maior participação da mulher no mercado de trabalho, aumento da renda e correria do dia a dia são apenas alguns dos fatores que contribuíram para as mudanças de hábitos na sociedade brasileira. As despesas com alimentação fora de casa saltaram de R$ 59,1 bilhões em 2002 para R$ 121,4 bilhões este ano, segundo a consultoria Data Popular. “A falta de rotina, na qual os horários para as refeições são pré-estabelecidos, também contribui para a alimentação errada”, afirma Paulo Edson Reis Jacob Neto, professor de Medicina Ortomolecular e presidente do Sindicado dos Terapeutas do Rio de Janeiro (Sinter-RJ).

Nenhum comentário:

Postar um comentário