segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Sindicato afirma falsamente que Sinter-RJ é clandestino


O terapeuta Paulo Edson Reis J. Neto, presidente do Sindicato dos Terapeutas do Rio de Janeiro (Sinter-RJ), declara que um terapeuta que era membro do Sindicato dos Terapeutas de São Paulo (SINTE) pediu o cancelamento da sua inscrição em junho, para poder se filiar ao Sinter-RJ, e a informação que recebeu por email foi inverídica. “No email o sindicato que atua em São Paulo afirmou que o Sinter-RJ é clandestino e perguntou se o profissional realmente iria se filiar a uma entidade que clona o trabalho de um sindicato verdadeiro. Estas palavras demonstram a falta de profissionalismo e ética do SINTE e ressalta a falta de respeito e consideração que ele tem com a categoria dos terapeutas”, considera.

Nenhum comentário:

Postar um comentário