quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Movimentos respiratórios equilibram os sentimentos


O terapeuta Paulo Edson Reis Jacob Neto, presidente do Sindicato dos Terapeutas do Estado do Rio de Janeiro (SINTER-RJ), comenta que a terapia da respiração atua no nível emocional equilibrando os sentimentos. As emoções destrutivas, como medo, raiva e tristeza, são transformadas em construtivas, como serenidade, compaixão e compreensão, por meio dos movimentos respiratórios ritmados. “É preciso entender o padrão respiratório. Cada pessoa possui características únicas que devem ser levadas em consideração pelo terapeuta. Na mente a técnica estimula a lucidez e preserva o raciocínio e a memória, independente da idade do paciente”, observa Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário