segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

O reconhecimento legal dos terapeutas é tão importante que a atuação destes profissionais na rede pública de saúde do Rio de Janeiro só é permitida para profissionais credenciados nos órgãos de classe competentes. “A exigência fortalece a categoria e assegura a população o exercício adequado da profissão, que não corre o risco de ser atendida por pessoas sem preparo ou conhecimento suficiente para atuar com as terapias naturais. As pessoas têm o direito de escolher seu tratamento e podem optar por métodos naturais para restaurar a saúde”, evidencia o terapeuta holístico Paulo Edson Reis Jacob Neto, presidente do Sindicato dos Terapeutas do Rio de Janeiro (Sinter-RJ).

Nenhum comentário:

Postar um comentário